Real Time Web Analytics

29 de mai de 2018

Constipação em gatos

Não fazia nem um mês que o meu Otelinho tinha falecido, quando o meu gato caçula, o Lelon teve uma baita constipação, me dando um baita susto! Lelon, é mega dócil, mega apegado a minha filha e mega... gordo! É meu povo, ele esta obeso, e por ser muito guloso, come demais e chega a vomitar -calma que atualmente ele esta sob intensa supervisão para não mais acontecer isto!


Noite destas, ao chegar em casa, reparei que ele foi a caixinha de areia, fez muita força, chegando a "chorar" e não fez nada, nem xixi nem coco. Pensei que fosse cistite, nem passou pela minha cabeça que era o coco. Falei com o nosso veterinário e fomos para ao consultório, Lelão, eu e a irmã humana! Bichano ficou em observação durante a noite, urinou normalmente, então o veterinário desconfiado, pediu um raio x e ultrassom, além de exames de sangue. Feitos os exames. foi constatado o problema: constipação!


Acabou ficando  internado por 2 dias, precisou de 3 lavagens intestinais, mas felizmente, conseguiu defecar um pouco para ser liberado e ir para casa. Passei estes dias em pânico com a possibilidade dele ter que passar por uma cirurgia! Graças a Deus não foi preciso. Os exames apontaram o principal problema, mas como ele esta muito acima do peso, a obesidade poderia ser  parte do problema.
ão
[ faço um parênteses para contar que Pelo Miguel foi sucesso total entre o pessoal da clínica, porque ele é totalmente adorável gente! As veterinárias ficaram apaixonadas por ele... hehehe]

Voltou pra casa com a prescrição de  dieta e tomar um laxante por 10 dias. Mas assim que terminou o tratamento com o laxante, notei que teve um pouco de dificuldade para defecar novamente. Fui para o dr. Google atrás. de informações complementares de como tratar o problema e agora estou seguindo algumas medidas para evitar que meu gato tenha outra vez constipação:

* Aumentar/Estimular o consumo de água: já havia aumentado o número de potes de água pela casa, mas providenciei uma fonte também.

* Psyllium - fibra com água para ajudar (veja aqui informações). Tem sachês a venda na farmácia humana, mas compensa muito mais comprar a granel em lojas de produtos naturais, comprei um punhado por 10,00.

* Alimento Úmido (sachê) - aumentei o consumo semanal, estou dando cerca de uma colher  acrescida de mais água:"O pratinho fica limpo!"


* Abóbora (estou dando um pouco de abóbora misturado ao caldinho de sachê e água, uma ou 2 vezes por semana, cerca de 1 colher rasa de sopa.)

* Dieta prescrita: mas acho que vale ressaltar que foi necessário mudar a alimentação dele e restringir o consumo, pois antes eu deixava a ração de forma farta e irrestrita, o que certamente foi forte responsável pela obesidade dele. Agora dou as porções 3x ao dia e pronto. Ao iniciar a dieta, ele estava pesando 9,5 kg, o que é absurdo para um gato e nem tinha na embalagem da ração o tanto que eu deveria dar  a ele! Quanto a marca da ração, tem algumas opções no mercado, mas todas são caras - mas necessárias né!? Dei a ele 2 marca indicadas pelo veterinário: da Equilibrio (Obesity & diabetic) que ele gostou muito e da Premier, que ele não amou, mas aceitou. A escolha por esta foi somente pelo preço, pois esta última custa uns R$ 20,00 a menos que a outra.)



Por enquanto esta dando certo, não sei ainda se ele emagreceu, mas estamos firmes na dieta!



Nenhum comentário:

Postar um comentário