Real Time Web Analytics

29 de mar de 2018

Inicio e fim

Tudo tem início e tudo tem seu fim. A foto de cima é a nossa primeira juntos, no início de julho de 2005, abaixo nossa última, porque hoje, foi o dia que o mais maravilhoso e especial, dos seres escolheu pra partir, ou foi escolhido, não sei... Só sei que dar adeus pra vc Otelo foi algo insuportável, algo que pelos últimos quase 13 anos que juntos passamos, evitei ao máximo e tive pavor de pensar. Mas hj precisei aceitar o inaceitável. Precisei encarar a sua partida, e por uma última vez pude fazer o que sempre fiz. Te abraçar, beijar, tocar seu corpo (já friozinho e enrijecido), passar a mão na sua pancinha depilada, toquei o furo no seu peito q foi uma tentativa dos médicos de te salvarem, toquei o pequenino tumor que deu início ao fim, o maldito q estava ali apenas escondendo o estrago interno que eu nem imaginava. Te abracei, te recostei no peito como ontem, ainda vivo, e hj jazia. Tudo tão rápido: dia 3 de março vi o pequenino monstro, no dia 5 foi examinado, e o prognóstico foi animador. Fiquei calma, e pensei que tudo daria certo. Dia 14 vc estava visivelmente mais magro e com falta de ar, não queria comer. Era tarde, o tumor estava no pulmão e tudo veio abaixo. Semanas de vida no máximo. Mas no fundo eu sabia q não seriam semanas, eu sentia meu filho. E assim em três dias rapidamente sua saúde se deteriorou. Mas por um presente divino, Deus me deu mais um dia para me despedir e vc esteve em sua casa, ao lado de nós, seus irmãos gatos, sua irmã humana e mãe humana. Deitei contigo no chão do banheiro, lugar q vc gostava né. Te dei muito carinho, vc ronronou forte mesmo com dificuldade. Vc deitou na nossa cama como sempre fazia, e senão fosse pela magreza e respiração dificil, não dava pra imaginar que seria o adeus. Pq eu via a VIDA nos teus olhos, lindos, grandes, entusiasmados como sempre. Ontem cedo te levei lá fora pra vc ver aonde morava, afinal sempre esteve confinado no ap. Senti sua emoção. Mas acho q sabiamos q seria a última vez. Não queria acreditar. A casa não tem mais sua presença, cada cantinho que era seu por hábito estão vazios agora, assim como minha alma, mas o vazio no meu coração é de todos o pior. Eu te amo Otelo e pude te agradecer infinitamente pelo bem que me fez. Só eu sei que foi vc que me fez um ser humano melhor, foi vc que me ensinou amar os animais. Te amo pra sempre. Te amo infinitamente e sim, te verei de novo. Lord Otelo Garden Jr ♥️30/09/2004 ⭐17/03/2018 amor puro e infinito, obrigada.
Agradeço ao Dr. e amigo de longa data Carlos Leandro Henemann da Alles Blau Clínica Veterinária, Dr. Daniel e sua equipe incrível, que não mediram esforços e não desistiram do meu 👼 até o último suspiro. Neste mesmo lugar, no dia 07/07/2005 recebi uma vida pra cuidar e amar, adotando meu Tetelom, pelo intermédio da minha amiga-irmã Jacqueline Rapkiewicz, neste mesmo lugar, devolvi a vida do Otelo a Deus. Agradeço minhas amigas que estão me dando suporte neste momemto tão triste, agradeço em especial a minhanha irmã Veronice Krause que como sempre segurou minha onda no desespero, e foi a titia Icy amada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário