Real Time Web Analytics

4 de set de 2017

Cálculos na bexiga da Oli - continuação

Mais ou menos 1 mês após iniciar o tratamento homeopático, algo aconteceu. Olívia estava embaixo das cobertas deitada na cama, e derepente deu um miadão e saiu brava correndo. Fui ver se tinha algo ali aonde ela estava e o que encontrei foi um xixizão dela. Fui atrás dela, que estava mocada embaixo da cama, e bufando de brava. Este dia foi um caos. Eu entrei em modo de alerta, porque não sabia o que estava havendo. Liguei para o veterinário homeopata, que foi muito atencioso e me disse que ela poderia estar expelindo cálculos, me orientou a intensificar os medicamentos naquela noite e observar se ela não ficara obstruída, pois neste caso seria necessário levá-la a uma clínica para procedimentos (sonda). Enfim, fui cuidando dela do jeito que era possível, considerando que a aproximação estava dificílima, a bichinha estava literalmente bufando de brava, nunca a vira assim. Olí é um doce de animal, ãofiquei aturdida em vê-la naquele estado. Ela estava conseguindo urinar, com uma certa dificuldade, então decidi que pela manha a levaria a clínica do outro veterinário que também a acompanha (o que indicou a cirurgia). Olívia estava ainda muito irritada e arisca, mas foi feito ultrassom nela e para a minha surpresa... os cálculos tinham sido eliminados. Ainda restara alguns, mas pequenos e que não havia indicação  mais de cirurgia! Olha, fiquei muito feliz, mesmo com todo o susto da noite anterior. A gatinha ficou em observação na clínica por uns 2 dias e pode ir para casa. A cistite esta sendo um capítulo a parte, mas os benditos cálculos deram uma trégua. Então, este é o relato de uma ajuda imensa que a homeopatia deu a minha gata, que ainda encontra-se em tratamento, mas felizmente não precisou de cirurgia.

Olivía com a Mabel, minha azuis genéricas.