Real Time Web Analytics

29 de mar de 2017

Olívia e seus cálculos na bexiga

Falei um pouco sobre o tratamento homeopático que decidi fazer na minha gata, por conta de cálculos urinários e também distúrbios comportamentais,  mas acho que seria interessante falar um pouco mais sobre isto.
O centro da questão é que a Olívia urina em lugares inapropriados, que variam muito, vai deste o sofá, passa pela cadeira, chão, cama, cobertas e assim vai, aonde ela acha interessante dar uma "mijadinha" ela faz o serviço. Desde que a adotei, ela passou por momentos aonde isto se acentuava e outros que o comportamento desaparecia por completo.

gata cistite cálculos homeopatia


De 2011 para 2012 este quadro teve uma piora, que acabou em cirurgia, pois foram diagnosticados cálculos na bexiga, que segundo os medicos do atendimento, precisavam ser retirados cirurgicamente. Já operada e recuperada, alguns meses se passaram sem nenhum problema relacionado aos xixis em lugares incomuns.

Acho que foi em meados de 2015 que a coisa começou de novo. Um xixi aqui, outro ali... um xixi em mim.... é amigos! Ela já mijou em mim.... Em fevereiro de 2016, eu ainda recém parida, o problema estava insustentável. Lá foi a gata fazer um ultrassom, pois na minha cabeça o problema dela era físico, só podia ser! Além das urinadas em lugares inusitados, Olívia lambia a área genital com muita frequência. Este exame apontou que haviam cálculos na bexiga, bem pequenos, que não poderiam estar causando tanto incomodo. O veterinário suspeitou que isto era mais relacionado a fatores ambientais e problemas comportamentais. O ano passou, eu fui levando até que em dezembro retornamos ao veterinário para ver como estavam os cálculos. Feito um novo ultrassom, constatou-se que os cálculos aumentaram muito, dobraram de tamanho, sendo indicada agora uma cirurgia para retirada, sem outra alternativa para este cenário.

Além dos cálculos em si, a gatinha também estava com uma cistite, que devia incomodar muito, pois a Olívia lambia compulsivamente a área genital, que ficava sempre úmida e com cheiro forte de urina. Segundo os dois veterinários que a acompanham, esta cistite também é favorecida por fatores ambientais, de estresse por exemplo, afinal muita coisa aconteceu neste ano, e estas mudanças poderiam ter agravado o quadro. Foi diante deste quadro que eu me vi  tendo como única alternativa mais uma cirurgia. Mas a luz se ascendeu e pensei tentar o plano B e partir para a homeopatia. Há muito que eu queria tentar a homeopatia, mas uma certa incredulidade me deixava na berlinda, pois como poderia fazer efeito num caso em que a cirurgia era inevitável? Daqui para frente entra o novo capítulo deste tratamento que logo vou postar contando sobre o andamento das coisas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário