Real Time Web Analytics

30 de jan de 2014

Sonho?

Esta noite eu estava dormindo e sonhando, quando fui acordada por um chorinho de animal, sabe quando o cãozinho resmunga e chora? pois é... o estranho foi que não tinha nenhum cachorrinho por ali, somente os meus gatos e estes eu tenho certeza que não produziram o tal som. Acordei e fiquei alerta esperando que se repetisse e não ouvi mais nada. Agora estou com isto na cabeça e com o coração apertado, será que foi uma manifestação do Francisco José? Não sei, mas sempre lembro dele e todo o sofrimento que passou antes de morrer, isto ainda me dói muito.
Acabei, por acaso, me deparando com um artigo do blog "Animais e o Espiritsmo" que foi muito apropriado.  Ame Imensamente, é um relato lindo e de esperança para nós que amamos os animais e entendemos que eles são iguais a nós. Lendo o texto por 3 vezes tive uma crise de lágrimas, daquelas que a gente não segura e sufoca a alma. Como dói perder um  companheiro animal... mas o texto trás também o conforto de um desencarne necessário e respaldado do "outro lado", mostra o respeito que o espiritismo tem pelos animais, não os considerando como seres sem consciência ou objetos; além da doce esperança de um reecontro.

29 de jan de 2014

Entrevista Crisitna Cairo

Entrevista muito interessante para quem ama os gatos e principalmente para quem não gosta e tem idéias erradas dobre estes amaravilhosos animais!




O gato se magoa como o ser humano! Nossa, eu sempre notei isto com meus animais, principalmente com o Otelo e o Leopoldo! Quando viajo eu e retorno ao lar o Otelo reclama sim comigo! O Leopoldo é muito temperamental e não gosta de jeito nenhum ser contrariado. Se falo não para ele ele fia bravo e briga mesmo comigo!

27 de jan de 2014

Sofá remendado

 gatos arranham móveis
Então que casa de gateira não sobra móvel inteiro, isto é certeza. Meu sofazinho, mesmo revestido de tecido "a prova de gatos" sucumbiu. O tecido já estava velhinho e gasto, e não foi páreo para as unhas afiadas da gataiada que detonaram o braço do sofá. Como não pretendo comprar outro e nem reformá-lo por enquanto, o jeito foi improvisar para que a situação ruim, não ficasse ainda pior: costurei uma capa para o braço!!!
gatos arranham móveis

gatos arranham móveis

 Tá que não ficou a oitava maravilha do mundo, mas vai quebrar o galho e acho que agora este improviso vai servir para os meus lindos arranharem sem causar mais danos ao pobre sofá!
Antes que alguém me "oriente" a comprar arranhador, eu tenho tá? e eles usam muito, mas a tentação por lugares diferentes os impede de usar somente o arranhador! ; )

Tosa total

Meu Otelo é o mais peludo da turma e consequentemente o que mais sofre com o calor. Além do calor também não vence se lamber e depois vomitar as bolas de pelo. tenho a maior dó dele! Este verão que está pra lá de quente precisei ter coragem para tosá-lo, e fomos então no sábado passar pelo ritual de tortura.

Antes:
Depois: Otelo cabeça quadrada!



Pior que o Otelo chegou em casa assim, difrentão e cheiroso nível máximo, o que causou uma verdadeira rebelião dos bichos. A turma se revoltou e caiu de  pau no pobrezinho, que se refugiou boa parte do dia embaixo da cama.


24 de jan de 2014

Adeus Pulgas!

As pulgas, Ah! As pulgas... estas minúsculas parasitas infelizes causam muito incômodo tanto para os animais quanto para os tutores. No verão a incidência aumenta muito e não há  friponil  que resolva.

Buscando alternativas, menos tóxicas que os anti-pulgas industrializados, para eliminar este problema encontrei algumas dicas muito interessantes e nada mirabolantes. Eu particularmente tenho receio de fórmulas que são divulgadas pela internet e feitas com ingredientes prá lá de estranhos, como por exemplo pedras de cânfora... sei não viu...

 Identificando se há pulgas em seu pet - clique na imagem para ampliar
 
Mas voltando as dicas boas, no site Bicho Integral tem a transcrição de uma fórmula que segundo o texto é da Dra. Karen Becker, foi traduzida e experimentada pela Dra. Sylvia Angélico (do site Cachorro Verde) e a autora do site Bicho Integral acrescentou o óleo de neem para melhorar a ação da composição contra carrapatos e  mosquitos, incluindo-se o da leishmaniose.

Fórmula para proteger cães e gatos contra pulgas, carrapatos e alguns mosquitos:

- óleo essencial de capim-limão ...........    4%          
- óleo de canela......................................   1%
- óleo de gergelim.................................    1%
- óleo de rícino......................................  0,5%
- óleo de neem ....................................   3-5%
- veículo spray aquoso sem conservante q.s.p ............ 250ml

A mistura deve ser agitada e aspergida sobre todo o corpo do animal, massageando concomitantemente pra que se espalhe de forma adequada. Como não há efeito residual longo deve-se utilizar a mistura 2 ou até 3x/semana para que seu efeito seja realmente eficaz. Portanto as quantidades que serão usadas por mês devem ser calculadas em cima do porte do animal.
O uso de conservantes químicos na fórmula aumenta em média uns 2 meses na validade da fórmula. Na formulação sem conservantes o óleo de canela que faz essa função, mas também podemos acrescentar o óleo de orégano e o de tomilho com excelente ação antimicrobiana. Nesses casos, 1% seria suficiente.

 Ainda neste site maravilhoso uma tem as sugestões de produtos homeopáticos do Laboratório Arenales, que copiei abaixo e já esta linkado a lojinha do Bicho Integral.
  1. Fator P&P Animal Glóbulos® - indicado para controle de pulgas (Ctenocephalides) em cães e gatos.
  2. FatorEctoCão® - indicado para o controle complementar de carrapatos (Rhipicephalus sanguineus), berne (larvas de Dermatobia hominis), moscas de orelha (Stomoxys calcitrans) e erliquiose (Ehrlichia canis) no cão. Pode ser administrado em animais de qualquer idade ou raça e inclusive em fêmeas prenhes ou em lactação.
  3. Fator P&P Animal Talco® - indicado para o controle de pulgas (Ctenocephalides) em cães e gatos.
  4. Fator Vermes Pet® - indicado no controle de vermes (parasitas intestinais) de cães e gatos.
  5. Fator Diprotozoo® - Medicamento Complementar no controle de Amebíase, Cryptosporidiose, Giardíase, Isosporose e Preventivo na Dirofilariose em cães e gato

* O suplemento Estibion Plus Neem parece bem interessante também, segundo o site ele mata pulgas e carrapatos em cães e gatos. Onde comprar: pet shops, agropecuárias ou na internet.

Além destes tem a sugestão de produtos a base de Citronela que podem ser encontrados no site Ecorepelente.


Fonte: Bicho Integral - Fórmula clique aqui , Produtos Arenales aqui e aqui e Mãe de Cachorro

Clean e Estiloso

Amei este modelito que a apresentadora e atriz Marina Person usou no casório da minha conterrânea Letícia Sabatella! Bem clean, mas muito estiloso, com tanta delicadeza e suavidade neste tecido! Eu usava facinho facinho!
Foto Site UOL Celebridades

23 de jan de 2014

Carvão Ativado para menos odor!


Continuando com a saga dos testes, rs... estou testando um novo produto!
Esta semana não tive tempo de comprar o granulado do Carrefour que falei aqui e precisei me contentar com outro comum, a base de argila, que como já disse acho mais trabalhoso e volumoso para o descarte, além de não absorver muito bem o cheiro da urina e fezes, isto na minha opinião.
Para minimizar este problema estou apostando no carvão ativado. Pesquisei na internet pude verificar que o carvão ativado tem o poder de absorver odores, ou seja elimia-los de aquários. Assim, porque não testar em ambientes?

Fui eu correndinho atrás deste produto, que pode ser encontrado em lojas que vendas produtos para áquarios e petshps, pois a principal finalidade do dito é ser misturado na água dos peixes. Ou era né?

O fato é que eu comprei um pote de 500 gr para testar se funciona também para eliminar odor de urina e fezes dos bichaninhos! (tem potes menores de 100gr, que estava a R$ 3,90)

Fiz alguns saches para deixar próximo as caixas, mas já viraram brinquedo para a turma. E adicionei cerca de 2 colheradas de carvão na areia das caixinhas. Eu acho que funciona viu!!!

 Clique na iamgem para ampliar

21 de jan de 2014

Conforto da Caixinha

Impressionante como gatos não podem ver uma caixinha que correm para dentro delas. E quanto menor, parece melhor! Você pode ter quantas caminhas confortáveis e aconchegantes quiser, mas elas não são páreo para uma caixinha de sapato dura e apertada!

17 de jan de 2014

Dicas para gateiros!

A dica de hoje é o site:  
www.gateiro.com.br 

Muita informação sobre os amados felinos, desde saúde e comportamento ao mobiliário. Quem dá a letra é o gateiro assumidíssimo: Thiago Alcântara. Nas próprias palabras dele: "eu sou um gateiro. Amo gatos desde criança, a cada dia que passa eu aprendo mais sobre eles. Eu também sou publicitário e mineiro de Belo Horizonte, cidade onde eu moro. Não vou dizer que sou nerd, mas também dedico o meu tempo a super-heróis, filmes de terror, séries cômicas da TV americana, música pop e Facebook. Eu vivo com dois gatos, o Tarot (o gato cinza) e o Champanhe (o gato branco). Ambos foram adotados. 
Legal demais néh?

Tem também o site:
www.portalmedicinafelina.com.br  e a página do facebook que é super bacana!
A responsável pelos conteúdos é a médica veterinária Laila Massad Ribas, doutoranda com um super currículo! Algumas dicas que peguei de lá e compartilho por aqui:




Pensamento do dia...


Simples assim...

14 de jan de 2014

Baguncinha!

Você é o tipo de pessoa que surta com bagunça e não pode ver nada fora do lugar? Então não tenha gatos, ok? Eles são brincalhões, curiosos e bagunceiros! Sobem por tudo e derrubam muitas coisas. Paciência e desapego é a alma desta convivência e para mim esta tudo bem, não me importo. Mas se você pensa em ter um gatinho e isto lhe parecer um problemão, repense já!!!!





Este é o meu Leopoldo, o "enfant terrible"da patota. Esta porta do guarda roupa não pode ficar aberta nenhuma frestinha, pois ele sabiamente vai puxando tuuuudo que alcançar para preparar o seu mocó super secreto. Mas desta vez a parte baixa do guarda-roupa não agradou e ele partiu para o 3o andar. E a bagunça sobrou pra mim!

13 de jan de 2014

Texto Maravilhoso!

Este texto circula na internet e não tenho a idéia se a fonte citada é verdadeira. Mas o fato é que gostei muito, muitíssimo deste texto. Tenho certeza que os gateiros de plantão também vão adorar!

O Gato e a Espiritualidade. 

Quem não se relaciona bem com o próprio inconsciente não topa o gato. Ele aparece, então, como ameaça, porque representa essa relação precária do homem com o (próprio) mistério. O gato não se relaciona com a aparência do homem. Ele vê além, por dentro e pelo avesso. Relaciona-se com a essência. Se o gesto de carinho é medroso ou substitui inaceitáveis (mas existentes) impulsos secretos de agressão, o gato sabe. E se defende do afago. A relação dele é com o que está oculto, guardado e nem nós queremos, sabemos ou podemos ver. Por isso, quando surge nele um ato de entrega, de subida no colo ou manifestação de afeto, é algo muito verdadeiro, que não pode ser desdenhado.
É um gesto de confiança que honra quem o recebe, pois significa um julgamento. O homem não sabe ver o gato, mas o gato sabe ver o homem. Se há desarmonia real ou latente, o gato sente. Se há solidão, ele sabe e atenua como pode, ele que enfrenta a própria solidão de maneira muito mais valente que nós. Nada diz, não reclama. Afasta-se. Quem não o sabe "ler" pensa que "ele" não está ali. Presente ou ausente, ele ensina e manifesta algo. Perto ou longe, olhando ou fingindo não ver, ele está comunicando códigos que nem sempre (ou quase nunca) sabemos traduzir. O gato vê mais e vê dentro e além de nós. Relaciona-se com fluídos, auras, fantasmas amigos e opressores.
O gato é médium, bruxo, alquimista e parapsicólogo. É uma chance de meditação permanente a nosso lado, a ensinar paciência, atenção, silêncio e mistério. O gato é um monge silencioso, meditativo e sábio monge, a nos devolver as perguntas medrosas esperando que encontremos o caminho na sua busca, em vez de o querer preparado, já conhecido e trilhado. O gato sempre responde com uma nova questão, remetendo-nos à pesquisa permanente do real, à busca incessante, à certeza de que cada segundo contém a possibilidade de criatividade e de novas inter-relações, infinitas, entre as coisas. O gato é uma lição diária de afeto verdadeiro e fiel. Suas manifestações são íntimas e profundas. Exigem recolhimento, entrega, atenção. Desatentos não agradam os gatos. Bulhosos os irritam. Tudo o que precise de promoção ou explicação quer afirmação. Vive do verdadeiro e não se ilude com aparências. Ninguém em toda natureza aprendeu a bastar-se (até na higiene) a si mesmo como o gato! Lição de sono e de musculação, o gato nos ensina todas as posições de respiração ioga.
Ensina a dormir com entrega total e diluição recuperante no Cosmos. Ensina a espreguiçar-se com a massagem mais completa em todos os músculos, preparando-os para a ação imediata. Se os preparadores físicos aprendessem o aquecimento do gato, os jogadores reservas não levariam tanto tempo (quase 15 minutos) se aquecendo para entrar em campo. O gato sai do sono para o máximo de ação, tensão e elasticidade num segundo. Conhece o desempenho preciso e milimétrico de cada parte do seu corpo, a qual ama e preserva como a um templo. Lição de saúde sexual e sensualidade. Lição de envolvimento amoroso com dedicação integral de vários dias. Lição de organização familiar e de definição de espaço próprio e território pessoal. Lição de anatomia, equilíbrio, desempenho muscular. Lição de salto. Lição de silêncio. Lição de descanso. Lição de introversão. Lição de contato com o mistério, com o escuro, com a sombra. Lição de religiosidade sem ícones. Lição de alimentação e requinte. Lição de bom gosto e senso de oportunidade. Lição de vida, enfim, a mais completa, diária, silenciosa, educada, sem cobranças, sem veemências, sem exigências.
O gato é uma chance de interiorização e sabedoria, posta pelo mistério à disposição do homem." O gato é um animal que tem muito quartzo na glândula pineal, é portanto um transmutador de energia e um animal útil para cura, pois capta a energia ruim do ambiente e transforma em energia boa, - normalmente onde o gato deita com frequência, significa que não tem boa energia--caso o animal comece a deitar em alguma parte de nosso corpo de forma insistente, é sinal de que aquele órgão ou membro está doente ou prestes a adoecer, pois o bicho já percebeu a energia ruim no referido órgão e então ele escolhe deitar nesta parte do corpo para limpar a energia ruim que tem ali. Observe que do mesmo jeito que o gato deita em determinado lugar, ele sai de repente, poi ele sente que já limpou a energia do local e não precisa mais dele. O amor do gato pelo dono é de desapego, pois enquanto precisa ele está por perto, quando não, ele se a afasta. No Egito dos faraós, o gato era adorado na figura da deusa Bastet, representada comumente com corpo de mulher e cabeça de gata. Esta bela deusa era o símbolo da luz, do calor e da energia. Era também o símbolo da lua, e acreditava-se que tinha o poder de fertilizar a terra e os homens, curar doenças e conduzir as almas dos mortos. Nesta época, os gatos eram considerados guardiões do outro mundo, e eram comuns em muitos amuletos. "O gato imortal existe, em algum mundo intermediário entre a vida e a morte, observando e esperando, passivo até o momento em que o espírito humano se torna livre. Então, e somente então, ele irá liderar a alma até seu repouso final."
Fonte: The Mythology Of Cats, Gerald & Loretta Hausman

10 de jan de 2014

Bolinhas de meia-calça

Gatinhos gostam muito de brincar, mesmo os adultos, sempre encontram uma diversão! E não precisa de brinquedos mega-ultra-power sofisticados. Da minha experiência, os mais simples são os mais amados pelos gatinhos!
Bolinhas de papel, carreteis (sem linha), cordinhas podem entreter com muito sucesso os nossos amados animais. Lá em casa tem um brinquedinho que é o maior sucesso, e o preferido da minha Olívia. São bolinhas feitas de meia-claça feminina. Isto mesmo, sabe aquela meia fina que sofreu avarias e tá desfiada, muitas vezes pelo seu gatinho? Ela pode ser transformada numa bolinha que rola muito pela casa. Customizado, simples e bartinho.
Costumo finalizar as bolinhas com um nózinho pem apertado e que fique com 2 "orelinhas", pois é isto que dá um toque ainda mais especial para o brinquedo: acho que os gatinhos as identificam com a idéia de que são presas, pois estas bolinhas sempre estão "guardadas" no pote de ração. Eu acho isto muito engraçado. Todo dia tem uma ali e normalmente este "serviço" é executado pela Olí!
 

9 de jan de 2014

Granulado Sanitário - teste novo!

Estou testando um granulado sanitário para gatos que é feito a base de madeira (de reflorestamento). Particularmente estou satisfeita com o granulado que estou usando - já falei dele aqui, - mas estes de madeira eu já tinha visto a venda, mas não me animei a comprar. Um pouco também pelo preço que é em torno de R$10,00 o pacote. Acabei ganhando este saco, esta em uso em uma das liteiras lá de casa e vou expor a minha opinião sobre este produto.
Os granulos individualmente, são um tanto grandes, o que significa que as fezes não são cobertas de maneira total (e nem perto disto, sabe aquele efeito "a milanesa"?). Mas também não achei que fique com mal-cheiro (extra) por este fato. Com o uso, os granulos se esfarelam e ficam num formato de serragem, dai sim cobre bem as fezes. Percebi que pode deixar na caixa "de areia" por mais tempo que os demais granulado, que ele continua absorvente e meio "seco".

Clique na imagem para ampliar
Na embalagem diz que absorve 400 vezes mais que areia comum. Bem, pra começar ninguém em sã consciência usa areia comum para esta finalidade até porque ela não absorve "lhufas"! Mas achei que este produto absorve bem a urina. Segundo o fabricante também pode ser descartado no vaso saintário, mas eu não vou arriscar, pois já tive um tenebrosa experiência com outro granulado (entupiu o vaso e foi um caos!).
Enfim, tá aí minha experiência com este granulado sanitário!


8 de jan de 2014

Hóspedes novos

Nem contei a novidade com aloucurada do final de ano! Recebi mais uma leva de hóspedes que ficarão comigo por tempo indetermiando. São 5 gatinhos mais queridos e ronronantes da face da terra! A mãe deles foi para os EUA e esta se organizando para levá-los em 2 viagens. Enquanto isto não acontece, estão comigo!
Esta foi a cartinha que enviei para a S., mamis deles,  e tá com muitas saudades!

6 de jan de 2014

Retrospectiva...

2013 para a numerologia foi um "ano 6" e acho que  que foi mesmo uma vibração deste número, por vezes complicado, tenso e pesado... Tenho dificuldade em dizer qual o saldo para mim. Fiz algo? Tentei. Mas valeu? Espero que sim, que tenha feito a diferença para meus protegidos.
Sei que fiz pouco, mas sei também que fiz sim muuuito mais que a grande maioria das pessoas que só sabem criticar e por vezes queriam mesmo me magoar. Muitas asneiras ditas ou indiretadas, mas que eu ignorei pelo que realmente vale a pena! AJUDAR! Tenho pena destas pessoas que só sabem falar e nada mais.

2013 literalmente começou com a Marla entrando na minha vida. Era dia 01 ou 02 e eu chegando de viagem me deparo com ela, recém abandonada e entrando no cio no meu condomínio. Caos total, desespero total... a recolhi. Nossa... foram semanas cuidando dela, piometra e quase morte, mas a garota travessa se safou! Ah! Marla foi o nome provisório devido a calmaria que ela causou na minha vida, nada a ver com o Marley, heheh! Nada a ver???? KKKKK tudooo a ver né?Hoje ela é a feliz Naomi, mas ainda muito atentada! Obrigada B. e Sr. R. por receberem a Marloqueira em suas vidas!

Depois da Marla, não parou mais, foram tantos ...  recebi de uma única vez 9 bebes felinos para LT. Eles foram abandonados e uma ONG que ajudo os aceitou, mas para tentar salvá-los da morte, precisariam de LT, para evitar que contraíssem doenças no abrigo. (É minha gente, abrigo não é hotel nãoooo... e tem muita doença e luta!) Enfim, recebi os bebes que chegaram desnutridos, com diarréia e muitas pulgas. Passei parte da noite lavando um por um para deixá-los livres de todo aquele coco fedidinho... antipulgas, vermífugos, comidinha especial com direito a seringada de remedinho pela manha e pela noite  na boquinha... ufaaaa... outro sufoco! Mas valeu cada minuto de dedicação! Todos sobreviveram, ficaram LINDOS e ganharam lares de amor e resposabilidade!

Neste meio tempo, apareceram mais 3 gatinhos, pois é, brotaram na minha vida... Caramela que virou Maggy, Leoni e Amolelo Miguel. Cuida, castra e busca adotante... pronto! Mais 3 vidinhas encaminhadas por São Francisco.

Um belo dia, ou melhor, uma quase noite e "topo" com o filhotão (cachorrinho) que chamei de  Francisco José. Quando o vi andando a esmo, não aguente e parei. Nunca vou me esquecer dele sentado no banco da frente do meu carro, com medo e chorandinho, mas bravamente confiou em mim. Infelizmente ficou comigo somente por 5 dias e partiu meu coracão com sua partida devido a maldita parvovirose . Foram os piores dias da minha vida, vendo tanta luta e ele definhando pouco-a-pouco até a morte. Não tenho palavras para descrever a minha dor por ter sido a algoz dele, pois eu me senti a assassina dele e não a cuidadora. Não conseguir evitar a sua dolorosa morte, que também me matou e nunca vou me perdoar por isto.

Mas a vida seguiu ... vieram a Belinha e Bianchina (legítimas "srds guapecas italianas"), duas gatinhas fofas que hospedei em casa por cerca de 3 meses. Elas são filhas da B. que morava na Italia e as adotou lá, voltou ao Brasil e como um ser humano evoluído as trouxe para junto. Algum tempo depois decidiu retornar a Itália e precisou deixá-las por um certo tempo ainda aqui no Brasil, ai que eu entro na história.  Em outubro elas embarcaram glamourosas para a Europa, com seus passaportes e saudades da mamis!
mas não acabou ainda... fiquei com um saldinho de 2012 por todo 2013 e adentrando 2014! O Ruffo, um cahorrinho que ainda esta num hotelzinho aguardando seu lar definitivo!

E este foi 2013, e assim se foi 2013... mantive o lema que adotei há alguns anos atrás e o manterei por toda a minha vida: "Não... não posso fazer tudo, mas farei o pouco que eu puder! E você?

Mas hoje estou aflita por conta de um cãozinho fofinho e magricelo que esta abandonado próximo ao local do meu trabalho e precisando muito de um lar...