Real Time Web Analytics

29 de jan de 2011

Adaptação Parte 4 - Agora Gatos e Cachorra!

Recentemente nos mudamos para uma nova cidade e estou morando com minha mãe! Fomos para uma casa e tem uma cachorrinha de 8 anos, a Nithy, carinhosamente apelidade de "Pitpoodle" rs. Bem, algumas mudanças precisaram ser feitas para a minha chegada, a primeira delas foi a colocação de telas protetoras nas janelas. Pq? Para proteger os meus gatos do acesso total a rua. Meus gatos foram criados praticamente em apartamento aonde as janelas tinham telas protetoras, óbviamente), então não seria aqui que colocaria a vida deles em risco. É muitoooo comum ver no interior a bicharada solta e mesmo saindo para passear sozinha. Entendo que é cultural, as pessoas pensam que tudo bem e não tem problema o animal sair sozinho. Não penso assim, sou totalmente contrária a esta postura e penso que o animal deve sempre estar acompanhado do seu TUTOR (Vulgo: "dono ou proprietário").

Primeiríssimos dias no novo lar, se adaptando em novo território

e vivendo em meio as muuuitas caixas!



Alguns dias depoisa da chegada, já estavam confortáveis e folgados pelo chão!

Aqui Princesa Olívia e Lord Otelo compartilhando o espaço da janela, observando o mundão e os muitos passarinhos que aparecem!
Momento: Estamos com sono Mãe!

Vista superior da janelinha!
Vista lateral da janela e Princesa Olívia mostrando que é uma "Lady"!

***
Mas a saga continua... temos ainda a segunda questão, que era e ainda é a cachorrinha, que sempre foi filha única e bem possessiva com a minha mãe... não sabia o q esperar. Estamos agora começando a adaptação deles aos poucos, NAAADA de chegar e soltar todos num quarto e rezar! Tem que ter paciênciaaaa... com calma apresentá-los e observar as reações. Já colocamos eles próximos, mas sempre atentos. Até o momento estou super satisfeita com a situação, pois a cachorrinha tem se mostrado somente curiosa em relação aos gatos. O Otelo, que é totalmente da paz, nem ligou para a presença dela, mas já a`Olívia ficou com o rabo inteiro ouriçado, parecia de gato angora, rsrsrs! Mas mesmo assim, se acalmou e até deitou... Vou fazer fotos detas aproximações e contar o desenrrolar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário